Warning: Creating default object from empty value in /home/super084/public_html/untitled/wp-content/themes/freshnews/functions/admin-hooks.php on line 160

Quantos Dentes Tem Uma Onça? [Crônica]

29 de março de 2012

Cultura

Um dia toca o telefone em um Museu de Zoologia. A chamada é atendida por um zoólogo, mais especificamente, um especialista em mamíferos.

Zoólogo: Museu de Zoologia, boa tarde.

Jornalista: Aqui é um jornalista de uma revista muito interessante e tenho uma pergunta. Tem algum especialista em mamíferos?

Z: Sim, aqui É o departamento de mamíferos.

J: Que bom! Então, você sabe me responder quantos dentes tem uma onça? É que estou terminando uma reportagem e preciso dessa informação urgente! Tem que estar pronta em 15 minutos e preciso muito dessa informação!

Z: Pois não. Posso ajudar sem problemas. São 30 dentes.

J: Como assim 30 dentes?

Z: Isso mesmo, 30 dentes.

J: Tem certeza? Só 30? Mas onça não é carnívoro? E tem menos dente que o homem? Quer dizer, nós comemos frutas e temos 38 e as onças só 30?

Z: O ser humano tem 32 dentes e não é frugívoro, o ser humano é onívoro – que come de tudo! E os carnívoros, especialmente felinos, têm dentes especializados para comer carne. É uma especialização que, digamos em curtas linhas, prefere a qualidade do dente do que a quantidade. A grosso modo, o contrário de um tubarão, que também é carnívoro mas evoluiu para o lado do quanto mais, melhor.

J: Mas um amigo meu disse que a onça tinha mais de 40!

Z: Desculpe, mas o seu amigo está errado. Ele é biólogo? Ou veterinário?

J: Não, mas gosta de bicho.

Z: Bom, vamos fazer assim então: você vai pela informação do seu amigo que gosta de bicho e não por um especialista que tem um crânio de onça ao alcance da mão e que, gratuitamente, te passou a informação.

J: Hummm sabe o que é? É que estou escrevendo uma reportagem sobre ataques de onça e estava indo por uma linha de: “sentir mais de 40 dentes do predador natural do homem na sua pele…” mas se colocar 30 não dá o mesmo impacto.

Z: Tudo bem, mas a onça continua tendo 30 dentes e ela NÃO é predador natural do homem. Isso é sensacionalismo. Ataques de onça são raros. Em geral elas preferem fugir que enfrentar o homem.

J: Mas não teria um bicho parecido com a onça, com mais dentes? Sabe como é…

Z: Não “sei como é” não. Desculpe meu caro, mas onças têm 30 dentes. Aliás, se não me engano todos os felinos têm 30 dentes. Exceto os linces, que não temos no Brasil.

J: O lince não tem 30? Quantos dentes eles têm (sentindo uma ponta de esperança)?

Z: Se não me engano, 28. Menos ainda, mas para te dizer com 100% de certeza eu teria que consultar um livro.

J: Você não poderia consultar esse livro e ver se tem um bicho com mais dentes? Assim, com 30 não dá impacto! Sempre tem uma polêmica, um bicho diferente, uma mutação, não pode acontecer de uma onça ter mais dentes? Eu realmente estou apertado para terminar por aqui e precisava muito dessa informação.

Z: Olha meu caro, eu já te dei a informação que queria. Onças têm 30 dentes. Ponto final. Quer bicho com mais dentes? Faça uma reportagem com tubarões. Estes têm dezenas, até centenas de dentes. Mas se for onça, continua 30.

J: O que eu faço agora? Vou ter que reescrever tudo! Qual o seu nome mesmo? Posso colocar seu nome na reportagem?

Z: Depende. Se for para dizer que onça tem 30 dentes, que homem tem 32, que onça não é predador natural do homem e que os ataques são raros, pode. Do contrário qualquer outra coisa que disser é mentira e vou exigir uma retratação.

J: Mas e a liberdade de imprensa? Isso mata meu trabalho! Eu sou um profissional, estou divulgando o seu nome e sua instituição de graça em uma revista conceituada e você com exigências absurdas!

Z: Pois é. Eu entendo a sua revolta. Eu também sou um profissional, de uma instituição conceituada, mas vira e mexe aparece gente aqui desrespeitando meu trabalho e preferindo a opinião, ainda que errada, de um “amigo que gosta de bicho” do que a minha, ainda que eu tenha estudado muito para ser um profissional e nem tenha cobrado pela informação. Boa tarde.

Obs.: baseado em um fato real que aconteceu no Museu de Zoologia da USP.

Imagem: Marcus Obal

ASSINE A UNTITLED!
Cultura geek de verdade!

 

, , , ,

About Adalberto Cesari

Biólogo, especialista em morcegos. Apaixonado por ciência, tecnologia, ficção científica e boa música. Amante da história antiga do mundo e da contemporânea brasileira. Crítico demais, mas otimista ao extremo. Às vezes falo sério, mas penso em memes. E por ser mineiro, consigo ler Guimarães Rosa sem precisar de dicionário.

View all posts by Adalberto Cesari

No comments yet.

Leave a Reply